Carnaval terminando e junto com ele uma montoeira de lixo...

Carnaval terminando e junto com ele aquela montoeira de lixo descartado por milhares de foliões ao longo das ruas...

Latas, garrafas pets, copos plásticos misturados a sandálias arrebentadas, máscaras rasgadas, adereços de plástico, papelão e pano fazem o lixo do Carnaval. Jogamos toneladas de lixo por todos os lados e a cada bloco, a cada escola de samba que passa, é deixado um rastro de desordem o qual a empresa de limpeza urbana é incumbida de recolher. Por que produzimos tanto lixo? Parece que nesta época esquecemos o que é ser sustentável.




O carnaval carioca de 2018 com 464 blocos nas ruas, sem contar com as escolas de samba e outros pequenos grupos, está produzindo muito lixo. Só no último sábado, dia 10, foram recolhidos 189 toneladas de lixo pela COMLURB.



De acordo com o Diário Oficial do RJ, 1.264 garis estão atuando nos serviços de varrição, lavagem da pista e remoção dos resíduos neste carnaval. Também contam com caminhões compactadores, pulverizadores, Kombis lava a jato e caminhões-pipas, com água de reuso. Estão sendo utilizados sopradores para acelerar a limpeza após a passagem dos blocos. 800 contêineres foram colocados no trajeto e na dispersão dos blocos para estimular os foliões a jogarem o lixo no local adequado. O Programa Lixo Zero continua atuando com 235 fiscais da Comlurb e 140 guardas municipais nos acessos, antes do início da folia e na dispersão.

O Programa Lixo Zero não vai parar durante os dias de folia e fiscalizará os maiores e mais importantes blocos da cidade. Caso o folião seja pego em flagrante urinando em via pública pelas equipes de fiscalização, será passível de multa no valor de R$ 563,30 conforme o novo Artigo 103-A da Lei de Limpeza Urbana. Para descarte de pequenos resíduos, o valor da multa é de R$ 205,60.


Tem gente que faz sua parte e recolhe seu lixo. Por que jogar lixo no chão? Carnaval tem lixo no lugar certo: LIXEIRA! A lixeira está ao alcance de todos. Não jogue lixo na rua, carnaval sem lixo na rua evita os bueiros entupidos e futuras enchentes. Lixo é assunto individual com consequências coletivas. Se cada um guardasse seu lixo diminuiríamos os impactos ambientais


Apesar das cooperativas de catadores de papel, latas e garrafas plásticas terem o seu trabalho dobrado na época de carnaval, e a maioria do lixo poder ser reciclada, infelizmente muito desse lixo aleatoriamente descartado vai parar em nossos rios, lagos e no oceano.


Vamos ter um carnaval sem resíduos!


Como podemos ajudar a reduzir o impacto: não jogar lixo no chão, armazenar em local apropriado, usar menos descartáveis!


Fonte: Diário Oficial

Fotos: Divulgação/Comlurb


Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square